Ir direto para menu de acessibilidade.
Sergipe - Governo de Todos
Página inicial > Últimas Notícias > Em noite solene, CGE premia os vencedores do I Concurso Literário e lança a I Antologia Literária de Conto, Crônica, Cordel e Poesia
Início do conteúdo da página

Em noite solene, CGE premia os vencedores do I Concurso Literário e lança a I Antologia Literária de Conto, Crônica, Cordel e Poesia

Publicado: Terça, 29 de Maio de 2018, 15h39 | Última atualização em Quarta, 30 de Maio de 2018, 14h04

 

Na noite de ontem, 28, a Controladoria-Geral do Estado de Sergipe premiou os vencedores do I Concurso Literário de Conto, Crônica, Cordel e Poesia, ao mesmo tempo em que lançou a obra I Antologia Literária da CGE. O evento ocorreu no Museu da Gente Sergipana.

Compuseram a mesa o secretário-chefe da CGE, Eliziário Silveira Sobral, o presidente da Academia Sergipana de Letras, José Anderson do Nascimento, o ex-governador do Estado e membro da Academia Sergipana de Letras, Albano Franco, o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Carlos Pinna de Assis e o secretário de Estado da Cultura, João Augusto Gama.

A noite foi marcada pela emoção de alunos e familiares. A vencedora geral do concurso, Cláudia Emilly Silva Barreto, do Instituto Federal de Sergipe – Campus Nossa Senhora da Glória, estava presente e fez a leitura do seu cordel “A peleja do povo brasileiro contra a corrupção”. Aplaudida, falou da alegria em ganhar um concurso tão prestigiado e encorajou aos demais alunos presentes a se empenharem. “Este foi apenas o primeiro de muitos”, completou.

Em sua fala, o secretário-chefe da CGE, Eliziário Sobral, contou que a intenção do concurso foi a de incentivar nos alunos o interesse pela leitura e escrita, fazendo assim com que eles exercitassem a própria cidadania. “Para isso, não fizemos revisão de texto para dar mais autenticidade ao que fora produzido”. E continuou: “Não esperávamos uma aceitação tão grande. Publicar essa antologia foi de extrema importância, afinal esses alunos jamais serão os mesmos. Ter seu nome, texto e foto publicados em um livro, os faz pensar além”. Por fim, parabenizou os alunos: “Esta noite é para homenagear vocês que nos abrilhantaram com cada palavra contida nesta antologia”.

Os professores também foram premiados com um certificado de reconhecimento pela orientação aos alunos. Já os colégios participantes receberam um troféu. E, ao final, com o intuito de prestigiar os alunos, que foram o foco principal do concurso, foi passado um vídeo com uma breve apresentação da antologia, com depoimentos dos participantes, professores e do secretário Eliziário Sobral.

 

Presenças

Além dos já citados anteriormente, estiveram presentes ao evento: Ana Lúcia Lima Muricy, representante da Secretaria de Estado da Educação; Fernando Soares da Mota, presidente do Banese; Tenente Simões, representante do Comandante do 28° BC, Cel. Carneiro; Domingos Pascoal e Telmo Tojal, representando a Academia Maçônica de Letras; Antônio Saracura, membro da Academia Itabaianense de Letras; Dr. Paulo Amado, da Academia Sergipana de Medicina; Cleiber Vieira, presidente da Associação Sergipana de Imprensa; Paulo do Eirado, diretor regional do Senac Sergipe; professor Joaquim Macêdo, diretor do Colégio Purificação; e Joselito Miranda, responsável pela diagramação dos livros.

 

Sobre o I Concurso Literário

O I Concurso Literário de Conto, Crônica, Cordel e Poesia foi uma iniciativa do Governo de Sergipe, por meio da Controladoria-Geral do Estado, com o objetivo de estimular a participação da sociedade nas áreas de transparência, acesso à informação, controle social, ética e prevenção da corrupção.

Quinze municípios sergipanos participaram do concurso, que teve como público-alvo os alunos dos ensinos fundamental e médio das redes pública e privada, com textos relacionados aos temas “Transparência na Gestão Pública” e “A Participação do Cidadão no Combate à Corrupção”.

Os trabalhos dos vencedores e convidados foram publicados na obra I Antologia Literária de Conto, Crônica, Cordel e Poesia da Controladoria-Geral do Estado de Sergipe, que foram avaliados por uma comissão composta por representantes da CGE, SECULT, SEED, e Academias de Letras, sendo elas: Academia Sergipana de Letras, Academia Sergipana de Letras Estudantil, Academia Sergipana de Cordel e Academia Maçônica Sergipana de Artes, Ciências e Letras.

Com impressão dos livros feita pela Edise – Editora Diário Oficial do Estado de Sergipe, o concurso contou também com o patrocínio do Banese Card e Secretaria de Estado da Cultura, e apoio da Secretaria de Estado da Educação, Instituto Banese, Casa da Cópia e Lojão Fasouto.

    

    

    

 

É possível fazer download do e-book do livro em PDF clicando na imagem abaixo, ou clicando aqui para acessar a página da Segrase.  

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página